Diagnóstico Gratuita Avaliação Gratuita

Voltar

Já é possível acabar com os constrangimentos do suor

   28/02/2018    

0.00

A transpiração é um processo natural do corpo humano que pode trazer muitos constrangimentos para o dia a dia. Um treino mais cansativo, uma apresentação importante ou até mesmo alguns encontros sociais, são exemplos de situações em que o suor pode ser um constrangimento e embaraço.

São inúmeros estes contextos em que a transpiração o pode deixar desconfortável e menos confiante, no entanto, saiba que pode pôr fim a estes constrangimentos. Não deixe de fazer aquilo que mais lhe dá prazer por se sentir desconfortável com a transpiração.

Conheça os tratamentos para acabar de vez com o suor!

A função transpiração no corpo humano

A transpiração tem como objetivo a termorregulação do corpo humano, ou seja, manter a temperatura do corpo nos níveis adequados.

Devido a este fenómeno, num dia de atividade regular, o corpo humano liberta em média 1lt de suor podendo atingir os 10lt diários, caso se pratique alguma atividade física. Esta transpiração ocorre por todo o corpo e grande parte evapora muito antes de ser notada.

Isto acontece porque o cérebro envia às glândulas responsáveis pela transpiração, a informação de que é necessário iniciar a libertação de suor para regular a temperatura do corpo. Estas glândulas dão inicio ao processo de transpiração e libertam um líquido composto por água, sais minerais e proteínas – o suor – que, ao evaporar, arrefece o corpo humano.

Existe dois tipos de glândulas responsáveis pela produção de suor:

1. Glândulas écrinas

Estas glândulas têm como função a produção de suor para arrefecimento da temperatura corporal e são as responsáveis pelo suor na cabeça, rosto, mãos e pés. Apesar de serem as mulheres quem tem uma maior quantidade, as glândulas écrinas no corpo humano masculino são mais ativas, o que faz com que os homens transpirem mais.

2. Glândulas apócrinas

Estas são glândulas maiores, localizadas nas zonas das axilas e responsáveis pela produção de suor quando se pratica exercício físico ou em situações de maior exposição ou stress. Muito frequentemente a transpiração é associada às axilas, no entanto, o suor nesta zona, representa apenas 1% da transpiração total do corpo humano.

Que situações podem provocar transpiração?

A prática de exercício físico, permanecer em ambientes quentes, ingerir comida muito quente ou condimentada e o consumo de álcool, de cafeína e nicotina, são apenas alguns exemplos de fatores que podem aumentar a quantidade de suor produzida pelo corpo humano.

Também a utilização de roupas sintéticas e problemas de saúde, como excesso de peso, gripes ou febres, são fatores que deve ter em conta em situações de transpiração mais abundante.

O papel dos anti-transpirantes

É muito comum que, pessoas que sofrem com a transpiração, recorram a desodorizantes e anti-transpirantes. Estes produtos, na sua maioria, utilizam o alumínio na sua composição para bloquear as glândulas sudoríparas e assegurar que não existe a produção de suor naquela zona.

Este componente, que está presente em praticamente todos os anti-transpirantes do mercado, é prejudicial para a saúde e, apesar de não estar provado, os especialistas acreditam que pode estar associado ao desenvolvimento de problemas como o cancro.

Conheça o tratamento que vai acabar de vez com o suor

Hoje já é possível pôr fim aos constrangimentos do suor. Graças à tecnologia Miradry®, pode acabar definitivamente com todas as situações de embaraço pelas manchas de suor na roupa.

O Miradry® é um tratamento não invasivo que vaporiza, dissolve e elimina as glândulas de suor sem afetar a pele, a gordura ou músculos. É a opção mais inovadora para acabar de vez com o suor nas axilas e reduzir significativamente o cheiro associado a esta transpiração. 

Os resultados são imediatos, definitivos e garantem a melhoria da qualidade de vida do paciente, uma vez que põe fim a todos os constrangimentos associados ao suor nas axilas.

Marque uma consulta de diagnóstico! »

Voltar